A Escola da AJURIS recebe de 21 a 24/11 o evento internacional Fórum Juízes: Reflexão, Partilha e Redes Colaborativas, que reúne magistrados e juristas de oito países de língua portuguesa: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Portugal, além do Brasil. Na manhã de quarta-feira (21/11) houve a abertura no miniauditório. A organização do evento é da AJURIS, da Associação Internacional de Juízes, da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), da UNODC (escritório das Nações Unidas para o combate do crime e das drogas), do Camões Instituto de Cooperação e da Língua, mantido pelo governo de Portugal, do Projeto de Apoio à Consolidação do Estado de Direito (Paced) e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste (Palop-TL).

Na abertura do evento, o vice-presidente de Patrimônio e Finanças da AJURIS, Cristiano Vilhalba Flores, desejou boas-vindas aos participantes e destacou a satisfação da associação em receber a conferência.  Já o juiz federal e representante da Enfam, Friedmann Wendpap, saudou a possibilidade de compartilhamento de dúvidas, experiências e da busca do crescimento de todos magistrados. O tema também foi destacado pelo desembargador português Nuno Coelho, representante do Camões Instituto e do Paced. O magistrado falou sobre o fortalecimento e incremento da cooperação entre os países e a importância de, ao fim do evento, elaborar um documento com o compromisso ético dos juízes de língua portuguesa.

Nos dias 21 e 22 de novembro, as atividades são exclusivas para convidados. Em grupos de trabalho, os participantes discutem casos e trocam experiências sobre assuntos como o uso das mídias sociais, o assédio moral e sexual no ambiente de trabalho e a independência judicial. Um dos painéis foi conduzido pelo diretor da Escola, Jayme Weingartner Neto, e pelo vice-diretor, Roberto Ludwig, que tratou da independência judicial.

No terceiro dia (23/11) do evento haverá uma conferência internacional coordenada pela AJURIS e aberta à comunidade. Na ocasião, a partir do intercâmbio de experiências serão abordadas questões como a estrutura e organização do Poder Judiciário, transparência e independência judicial, além de questões como ética e papel do Judiciário no combate à corrupção. Será fornecido certificado de participação pela Escola da AJURIS. As inscrições podem ser feitas no site da Escola.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

07/11/2019

JUSTIÇA, COMUNICAÇÃO E ARTES: OS DESAFIOS DA DEFESA DA LIBERDADE E AS AMEAÇAS DA CENSURA

  Os desafios de promover a Justiça, disseminar a informação e cultuar a arte em um ambiente tomado pela disputa entre os valores da liberdade versus as imposições da censura foram debatidos na noite de quarta-feira (6/11) em um painel na Escola da Magistratura da AJURIS que reuniu especialistas das três áreas.  O painel Liberdade x Censura: Artes, Comunicação e Justiça, promovido pela

29/10/2019

ESCOLA DA MAGISTRATURA LANÇA PROJETO ESCOLA 40 ANOS

  A direção da Escola da Magistratura da AJURIS lançou em um evento na noite de segunda-feira (28/10), quando a instituição completou 39 anos, o projeto Escola 40 Anos. O projeto prevê a realização de uma série de atividades e eventos abertos ao público ao longo do próximo ano para marcar as quatro décadas da instituição oficial da Escola, que serão celebradas em

15/10/2019

EVENTO DISCUTE PERSPECTIVAS DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL

  O evento O Futuro do Futuro: As Perspectivas da Legislação Ambiental Federal e Estadual reuniu durante a segunda-feira (14/10), no Auditório Cubo/OAB, magistrados, advogados, procuradores e membros da sociedade civil para debater propostas de lei que visam à modernização da legislação ambiental no Brasil. As discussões ao longo do dia foram divididas em três painéis: o direito à informação ambiental e

27/09/2019

PRÉDIO DA ESCOLA DA AJURIS RECEBE O NOME DE CRISTOVAM DAIELLO MOREIRA

A sede da Escola da Magistratura da AJURIS e do Centro de Formação do Judiciário (CJUD) recebeu, nesta sexta-feira (27/9), o nome de Prédio Desembargador Cristovam Daiello Moreira, em homenagem ao fundador da Escola falecido em 2018. A solenidade que inaugurou a inscrição do nome no magistrado na fachada da instituição contou com a participação da direção da Associação, da

25/09/2019

ESCOLA DA MAGISTRATURA PARTICIPA DE CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE TREINAMENTO DO PODER JUDICIÁRIO

  O diretor da Escola da Magistratura da AJURIS, desembargador Jayme Weingartner Neto, participou como painelista da 9ª Conferência Internacional Sobre Treinamento do Poder Judiciário, na Cidade do Cabo, na África do Sul. O evento começou no último domingo (22/9) e se encerra nesta quinta-feira (26/9). A conferência é promovida pela International Organization for Judicial Training (IOJT), criada em 2002 para promover

23/09/2019

ESCOLA DA AJURIS DEBATE A LGBTFOBIA

  A Escola da Magistratura da AJURIS promoverá no dia 27 de setembro, a partir das 15h30min, painel sobre Justiça, Intersexualidade, LGBTfobia e Dignidade. O painel terá a participação de quatro especialistas que falarão sobre diferentes aspectos da questão. O médico Eduardo Corrêa Costa, do serviço de Cirurgia Pediátrica do Hospital de Clínicas, falará sobre os distúrbios de diferenciação sexual. Fundador