Previous Next

Acontece entre quarta e sexta-feira desta semana na Escola da AJURIS mais um Curso de Atualização para Magistratdos. O tema desta edição é Execução Penal.

A abertura do evento, ocorrida nesta quarta-feira (5), contou com o presidente do Tribunal de Justiça do RS, desembargador Luiz Felipe Silveira Difini e as presenças do 1º Vice-Presidente do TJ/RS, desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro, do presidente da AJURIS, Dr. Gilberto Schäfer, do vice-presidente Social da Associação, Dr. Max Akira Senda De Brito, do diretor da Escola da AJURIS, desembargador Cláuido Luís Martinewski e do diretor do Foro Central de Porto Alegre, Dr. Amadeo Henrique Ramella Buttelli.

Previous Next

Teve início nesta segunda-feira (26), na Sede da Escola da Magistratura, a 2ª edição do Curso de Facilitador de Círculos de Justiça Restaurativa e de Construção de Paz. O Curso visa a formação de facilitadores da Justiça Restaurativa para atuar na prevenção e na transformação de conflitos através de processos circulares nos espaços institucionais, acadêmicos e comunitários na transformação dos conflitos.

Previous Next

2ª Fase do Curso de Avaliação da Incapacidade Laborativa teve inicio nesta sexta-feira (23). A palestra de inauguração contou com a presença da Dra. Tereza Cristina de Souza Chedid, que falou sobre  "Repercussão dos Transtornos Mentais na Capacidade Laborativa". Pela noite foi realizada a palestra "Traumatológicas com Impacto na Capacidade Laborativa", ministrada pelo Dr. Jacques Vissoky.

Previous Next

A Escola da AJURIS realizou nesta quinta-feira (15), em sua sede, o Curso de Relações, Conflitos e Comunicação Não Violenta (CNV)- Visão Sistêmica e Restaurativa. O Curso teve como objetivo atender a profissionais acadêmicos e lideranças da Justiça, Educação, Assistência Social, Segurança, entre outros.

Previous Next

Cerca de 35 pessoas participaram na noite dessa terça-feira (13/9), na Sede da Escola da AJURIS, do primeiro dia do Curso de Perícias Judiciais Frente ao Novo Código de Processo Cívil, promovido pela Escola Superior da Magistratura. O curso é ministrado pelo Juiz de Direito da 8 ª Vara Cível da Comarca de Porto Alegre, Paulo César Filippon e tem como principal objetivo apresentar os procedimentos pericias à luz do Novo CPC a Arquitetos, Gestores e Técnicos em Planejamento Urbano e/ou de infraestrutura.

O professor é ex-aluno do Curso  Preparação para Magistrados, além de coordenador do Grupo de Estudos de Direito e Fraternidade da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). 

A complementação do curso ocorrerá nessa quinta-feira (15/9), na Sede da da Escola da AJURIS.

 

.

 

Previous Next

Na noite desta terça-feira (6), na sede da Escola da AJURIS, se encerrou a terceira edição do Curso Diplome D´Université de Savoie/Montblanc. A Universidade Francesa esteve presente na figura do palestrante do curso e professor da Universidade Yann Favier Monet que falou sobre contratos, direitos franceses, europeus e internacionais. O curso é uma parceira  entre a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Université de Savoie Mont Blanc/França, que firmaram um acordo em 2010 para a criação de um curso para promover uma capacitação e formação de estudantes de pós-graduação e graduação, em direito francês, europeu e internacional em contratos e consumos. Essa formação é sancionada por um diploma equivalente a de uma  Especialização e fornecido pela própria Universidade de Savoie Mont Blanc, além de a cada módulo ser registrada pela UFRGS, como atividade de extensão, com certificado para cada aluno presente.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

10/01/2020

Começa o Curso de Formação Inicial para Magistrados

  Nesta sexta-feira (10/1), foi iniciado o Curso Oficial de Formação Inicial para Magistrados. Realizado na Escola Superior da Magistratura da AJURIS, a primeira aula marca o início da preparação dos 26 novos juízes que foram empossados na tarde da última quarta-feira (8/1), durante cerimônia no Tribunal de Justiça (TJRS). Os novos magistrados e magistradas foram recebidos pelo diretor da Escola da

03/12/2019

JORNADA RUY ROSADO, UMA HOMENAGEM DO STJ A UM GRANDE JURISTA

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) realizou ao longo da segunda-feira (2/12), em Brasília, a Jornada Ruy Rosado, uma homenagem ao ministro Ruy Rosado de Aguiar Júnior, integrante da corte e falecido em agosto deste ano. O ministro também foi diretor da Escola da Magistratura da AJURIS. O filho do ministro, o juiz Ruy Rosado de Aguiar Neto, representou a AJURIS durante o

03/12/2019

DUAS VISÕES SOBRE OS DIREITOS HUMANOS EM DEBATE NA ESCOLA DA MAGISTRATURA

  A Escola da Magistratura da AJURIS promoveu na noite de segunda-feira (2/12) mais um evento internacional, desta vez com a participação de dois importantes juristas da América do Sul: os professores Pedro Grández Castro, do Peru, e Néstor Iván Osuna Patiño, da Colômbia. Ambos fizeram uma análise dos Direitos Humanos sob dois pontos de vista diferentes. Doutor em Interpretação de Direitos

02/12/2019

ESCOLA DA MAGISTRATURA PROMOVE DEBATE SOBRE LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE

Um painel promovido pelo Núcleo de Estudos de Direito Constitucional da Escola da Magistratura da AJURIS colocou em discussão a nova Lei de Abuso de Autoridade, aprovada no Congresso Nacional e que entrará em vigor a partir de janeiro do próximo ano. Reunidos na tarde da última sexta-feira (29/11) no auditório da Escola da AJURIS, representantes do Judiciário, do Ministério

29/11/2019

AUDITÓRIO DA ESCOLA DA AJURIS RECEBE O NOME DE RUY ROSADO DE AGUIAR JÚNIOR

A Escola da Magistratura da AJURIS homenageou um de seus diretores, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Ruy Rosado de Aguiar Júnior, falecido em agosto, dando o nome do magistrado ao auditório que fica no hall de entrada do prédio, junto à Pinacoteca da AJURIS.  A cerimônia de descerramento da placa de bronze aconteceu, nesta sexta-feira (29/11), com a

27/11/2019

EM DEBATE OS REFLEXOS DA LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE NA JUSTIÇA, NO MP E NAS INVESTIGAÇÕES

  A Lei de Abuso de Autoridade e os reflexos da nova legislação, que entrará em vigor em janeiro do próximo ano, no trabalho de investigação das polícias, na atuação do Ministério Público e nas decisões da Justiça serão debatidos na tarde da próxima sexta-feira (dia 29/11), no auditório da Escola da Magistratura da AJURIS. Proposta pelo governo federal, a lei foi