Previous Next

Livro que trata sobre responsabilização da indústria do fumo é lançado na ESM

Em clima de descontração no saguão da Escola Superior da Magistratura (ESM), foi lançado na noite da última terça-feira (25/9), o livro Direito e Saúde – O caso do Tabaco.

A obra foi organizada pelo magistrado Eugênio Facchini Neto, pelo doutor e mestre em Direito pela UFRGS Adalberto Pasqualotto e pela doutora em Direito Civil pela UERJ Fernanda Nunes Barbosa.

Segundo Facchini, a obra foi feita para relatar os danos que o tabaco causa e os custos enormes ao Estado relacionados  ao combate às doenças do fumo.  “Mais de R$ 20 bilhões por ano são gastos com saúde em razão dos danos causados pelos fumantes. E arrecada-se, em termo de tributos, pouco mais de R$ 6 bilhões, ou seja, para cada um real que se arrecada, gasta-se três com tratamentos pelo SUS. Portanto, do ponto de vista econômico, é péssimo, pois o Estado gasta muito mais do que arrecada”, destacou.

 O magistrado relata, também, que antigamente não se aceitava a responsabilização  na justiça pela indústria do fumo, mas que esta realidade está mudando. “Os Estados Unidos, durante 40 anos, se recusaram em responsabilizar a indústria do fumo. E hoje já tem centenas de ações vitoriosas. E o livro explora esse aspecto e mostra como a questão está hoje nos Estados Unidos, no Canadá e na Itália”, afirmou.

A obra é dividida em partes. A parte técnica está relacionada à saúde, com os médicos mostrando todos os danos causados pelo tabaco. A parte mais jurídica, em primeiro momento do Direito Comparado, mostrando como a questão se coloca hoje no exterior, e depois com juristas convidados, analisando aspectos que costumam ser debatidos nos processos judiciais que envolvem a responsabilização da indústria do fumo.

A doutora em Direito pela PUC/RS Tula Wesendonck, que também é coautora da obra, participou da sessão de autógrafos. Prestigiaram o evento a direção da ESM, representada pelo vice-diretor, Roberto Ludwig, magistrados, estudantes de Direito, amigos e familiares dos autores. A obra, que conta com o apoio do CNPQ e FAPERGS, encontra-se para venda em livrarias e também pelo link https://www.travessa.com.br/direito-e-saude-o-caso-do-tabaco/artigo/1509f760-9bfa-489b-907b-5f9c04b7a7af

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/12/2019

JORNADA RUY ROSADO, UMA HOMENAGEM DO STJ A UM GRANDE JURISTA

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) realizou ao longo da segunda-feira (2/12), em Brasília, a Jornada Ruy Rosado, uma homenagem ao ministro Ruy Rosado de Aguiar Júnior, integrante da corte e falecido em agosto deste ano. O ministro também foi diretor da Escola da Magistratura da AJURIS. O filho do ministro, o juiz Ruy Rosado de Aguiar Neto, representou a AJURIS durante o

03/12/2019

DUAS VISÕES SOBRE OS DIREITOS HUMANOS EM DEBATE NA ESCOLA DA MAGISTRATURA

  A Escola da Magistratura da AJURIS promoveu na noite de segunda-feira (2/12) mais um evento internacional, desta vez com a participação de dois importantes juristas da América do Sul: os professores Pedro Grández Castro, do Peru, e Néstor Iván Osuna Patiño, da Colômbia. Ambos fizeram uma análise dos Direitos Humanos sob dois pontos de vista diferentes. Doutor em Interpretação de Direitos

02/12/2019

ESCOLA DA MAGISTRATURA PROMOVE DEBATE SOBRE LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE

Um painel promovido pelo Núcleo de Estudos de Direito Constitucional da Escola da Magistratura da AJURIS colocou em discussão a nova Lei de Abuso de Autoridade, aprovada no Congresso Nacional e que entrará em vigor a partir de janeiro do próximo ano. Reunidos na tarde da última sexta-feira (29/11) no auditório da Escola da AJURIS, representantes do Judiciário, do Ministério

29/11/2019

AUDITÓRIO DA ESCOLA DA AJURIS RECEBE O NOME DE RUY ROSADO DE AGUIAR JÚNIOR

A Escola da Magistratura da AJURIS homenageou um de seus diretores, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Ruy Rosado de Aguiar Júnior, falecido em agosto, dando o nome do magistrado ao auditório que fica no hall de entrada do prédio, junto à Pinacoteca da AJURIS.  A cerimônia de descerramento da placa de bronze aconteceu, nesta sexta-feira (29/11), com a

27/11/2019

EM DEBATE OS REFLEXOS DA LEI DE ABUSO DE AUTORIDADE NA JUSTIÇA, NO MP E NAS INVESTIGAÇÕES

  A Lei de Abuso de Autoridade e os reflexos da nova legislação, que entrará em vigor em janeiro do próximo ano, no trabalho de investigação das polícias, na atuação do Ministério Público e nas decisões da Justiça serão debatidos na tarde da próxima sexta-feira (dia 29/11), no auditório da Escola da Magistratura da AJURIS. Proposta pelo governo federal, a lei foi

20/11/2019

SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROMOVE SÉRIE DE HOMENAGENS AO MINISTRO RUY ROSADO

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), em parceria com o Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal (CEJ/CJF), realizará a Jornada Ruy Rosado no dia 2 de dezembro. Com a coordenação científica do ministro do STJ Paulo de Tarso Sanseverino, o evento remonta a trajetória e as principais contribuições jurídicas do ministro Ruy Rosado de Aguiar, que se